Blog da Casa


Mentalidade Ocidental x Mentalidade Oriental

18.03.2021

O mundo antigo era oral: as histórias eram passadas de pai para filho perpetuando nas famílias de forma geracional. Quando pensamos no oriente, temos que nos lembrar de que o mais importante para eles é o significado/ensinamento por de trás dos fatos históricos narrados. Eles não questionavam COMO tal evento aconteceu, mas O QUE esse evento significa.


Perguntas da Mente Ocidental:

Como era a serpente?

Como o sol parou?

Como que uma mula falou?

Como o mar se abriu?


Perguntas da Mente Oriental:

A pergunta é porque Deus fez isso?

O que isso revela sobre o Seu caráter?

O que Deus queria ensinar ao seu povo?


As histórias no mundo antigo não eram para ser analisadas cientificamente, mas o que essas histórias representavam para Deus, para o autor bíblico, para os ouvintes originais e para nós nos dias de hoje?


Graca: Ignorada ou Supervalorizada?

18.03.2021

Pecar à vontade ou conquistar a salvação por mérito humano?


Paulo diz em Tito que a graça de Deus se manifestou a todos os homens. É fundamental processarmos que somos salvos pela graça e que não há uma "meritocracria"onde conquistamos a salvação pela força de nosso braço (Tito 2:11).Por outro lado, Paulo também afirma que com ela aprendemos a renunciar paixões mundanas e à impiedade. Há uma consequência ao receber a graça, pois de forma didática ela nos instrui a andar em santidade. É como uma moeda: os dois lados existem, a presença de um comprova a do outro e a inexistência de um atesta a ausência do outro (Tito 2:12).


Na época, por falar muito sobre a graça, Paulo era bastante criticado por seus oponentes. O que se pensava era: já que a salvação é pela graça, quer dizer que posso pecar à vontade? Isso é um absurdo!Claramente, Paulo sabia que o efeito era cirurgicamente o contrário: a graça de Deus é a vitamina para uma vida sensata.


Ao descobrir que a salvação é pela graça, por meio da fé, você se sente livre para viver de qualquer maneira?